Food

Fictitious Dishes – Dinah Fried

Posted on

Para quem é amante da literatura de ficção e adora cozinhar (ou comer), esse livro vai apetecer. A designer e diretora de arte Dinah Fried montou um livro com fotos de pratos inspirados em livros famosos, como ‘Moby Dick’ de Herman Melville,  ‘To Kill a Mockingbird’ de Harper Lee e ‘Alice’s Adventures in Wonderland’ de Lewis Carroll.

Fictitious Dishes apresenta fotos acompanhadas de uma passagem do texto onde a autora tirou sua inspiração para montar o cardápio. Agora, será que ela cozinhou mesmo? Essa e outras curiosidades só comprando o livro! Mas, mesmo que seja tudo fake, dá vontade de recriarmos as receitas com a nossa própria interpretação.

THE GREAT GATSBY “On buffet tables, garnished with glistening hors-d’oeuvre, spiced baked hams crowded against salads of harlequin designs and pastry pigs and turkeys bewitched to a dark gold.”
THE GREAT GATSBY
“On buffet tables, garnished with glistening hors-d’oeuvre, spiced baked hams crowded against salads of harlequin designs and pastry pigs and turkeys bewitched to a dark gold.”

 

fictitious_dishes_moby_dick_dinahfried_1348

 

THE SECRET GARDEN “Roasted eggs were a previously unknown luxury and very hot potatoes with salt and fresh butter in them were fit for a woodland king—besides being deliciously satisfying.”
THE SECRET GARDEN
“Roasted eggs were a previously unknown luxury and very hot potatoes with salt and fresh butter in them were fit for a woodland king—besides being deliciously satisfying.”

 

fictitious_dishes_metamorphosis_dinahfried_1348

 

OLIVER TWIST “Child as he was, he was desperate with hunger, and reckless with misery. He rose from the table; and advancing to the master, basin and spoon in hand, said: somewhat alarmed at his own temerity: ‘Please, sir, I want some more.’”
OLIVER TWIST
“Child as he was, he was desperate with hunger, and reckless with misery. He rose from the table; and advancing to the master, basin and spoon in hand, said: somewhat alarmed at his own temerity: ‘Please, sir, I want some more.’”

via Juxtapoz, Dinah Fried, Fictitious Dishes

Inedible by TQ Lee

Posted on

O estudante de fotografia TQ Lee está com uma nova série chamada ‘Inedible‘. O artista, que diz ter passado horas com seus amigos durante a infância tentando adivinhar os ingredientes de quadros de natureza-morta, buscou nessas lembranças a inspiração para criar o novo trabalho. Com fotografias de objetos inusitados imitando comidas que dão água na boca, Lee mantém seu alto-astral captando imagens coloridas e divertidas. Veja algumas delas:

hot-rubber-glove kitchen-cupboard-sushi frozen-tampons telephone-cord

via T.Q. Lee Photography

April Fools do McDonald’s

Posted on

Esse ano o McDonald’s se superou! Uma das lojas da Alemanha fez um April fools que tirou reações hilárias de quem passou pelo McDrive. Com atendentes dando uns amassos, astronautas e até uma criatura que lembra a Samara do The Ring entregando o pedido, vale a pena conferir:

 

via Creative Criminals

 

Vintage Rolleiflex Coffee Shop

Posted on

Para quem é fã de fotografia e adora uma arquitetura inusitada, pode acrescentar mais um novo lugar a conhecer em sua lista.

via designboom
via designboom

Dreamy Camera Cafe é um coffee shop feito no formato de uma vintage Rolleiflex. Localizado no subúrbio da Coréia do Sul, a réplica é um edifício de dois andares que usa o formato das duas lentes da antiga câmera como janelas, onde os clientes podem apreciar seu café com a vista serena da zona rural. Por dentro o café é aconchegante e em todo lugar há artefatos voltados para o mundo da fotografia. Negativos ficam espalhados pelas mesas e no banheiro o rolo de papel higiênico é um antigo rolo de filme.

via designboom
via designboom

 

via designboom
via designboom

 

 

via designboom

Watson Computer Chef Inovando a Cozinha

Posted on

A medida que a computação cognitiva vai avançando, cada vez mais parecemos estar vivendo dentro de um filme de ficção científica.

A novidade agora é o Watson, um computador que cria receitas inusitadas. Ele funciona mais ou menos assim: você escolhe um ingrediente, vamos supor cenoura, e o Watson vai buscar outros (em sua maioria que você não escolheria ou pensaria em colocar com uma cenoura) para formar um novo e diferente prato.  Para ver o vídeo clique aqui.

via BBC
via BBC

A grande qualidade do Watson é a criatividade. Isso mesmo, o chef Watson é criativo. Como? Para criar uma receita, o computador tem acesso a milhares de pratos já existentes, a uma base de dados que identifica os componentes dos sabores e como os seres humanos percebem a combinação desses sabores.

Apesar de criar as receitas, o computador/robô não irá cozinhá-las, ufa! A IBM, criadora do flavourbot, deixa claro que o intuito da invenção não é a de substituir humanos na cozinha, mas sim trabalhar ao nosso lado melhorando e ajudando nossas experiências.

“An important aspect of this research is pairing human creativity with machine creativity to create the best possible outcomes and results,” said Florian Pinel – engenheiro de software sênior da IBM Watson Group. 

Watson esteve no festival anual de música e filme SXSW que aconteceu em Austin, Texas servindo seus pratos exóticos em uma van da IBM. Os participantes podiam votar quais os pratos que ele prepararia a cada dia pelo Twitter usando o hashtag #IBMFoodTruck.  Será que a galera curtiu?

Image
via BBC 

 

via BBC

Abrigo Antibombas Vira Fazenda

Posted on Updated on

Em plena zona 2 de Londres, no meio da cidade (mais precisamente em Clapham), Richard Ballard e Steven Dring da Zero Carbon Food decidiram fazer uma fazenda. Isso mesmo! Uma fazenda para atender a cidade de Londres. O objetivo deles é atender supermercados, restaurantes, feiras e os londoners themselves com vegetais saudáveis e sustentáveis. Tudo isso com  impacto zero no meio ambiente. Mas, como?

Em Londres até hoje existem bunkers, abrigos antibombas, criados na segunda guerra mundial para proteger a população. E, já há algum tempo, algumas ideias surgiram para a reutilização desses espaços. Mas nenhuma delas foi tão criativa como a de Ballard e Dring. Eles alugaram esses espaços (que na guerra conseguia abrigar até 8.000 pessoas) e no início tiveram que retirar várias beliches que estavam lá há anos inutilizadas. Depois foram criando o ambiente necessário para o cultivo de ervas, micro ervas e folhas verdes com uma luz avermelhada de LED. O projeto chamou a atenção do famoso chef, Michelin star: Michel Roux Jr. Agora ele também faz parte da equipe.

E você, quer fazer parte? Então está em boa hora, porque eles estão contratando! Para saber mais entre no site.

via Gizmodo

Takashi

Posted on

Uma churrascaria japonesa/coreana em NYC tem uma proposta um tanto inusitada. Churrascaria japonesa/coreana já é algo bastante diferente, pelo menos para nós brasileiros. Mas isso não é o mais surpreendente na história. O fato é que o Takashi não faz só 0 churrasco comum de picanha, contra-filé, maminha. Eles utilizam todas as partes da vaca/boi, “from head to tail” como explica o chef Takashi Inoue. Lá você poderá experimentar língua, intestino, rabo, coração e até testículos. Tudo de uma forma visualmente atraente. Dá uma conferida no video aqui!

via Takashi
via Takashi

Vai um testículo aí?

via Cool Hunting, Takashi