Instalações

The BEACH in Washington, DC

Posted on Updated on

The National Building Museum em Washington, DC, todo ano apresenta uma instalação interativa e divertida para o público. Desta vez, em parceria com Snarkitecture, eles criaram uma praia em pleno salão principal do museu. The BEACH é composta por quase 1 milhão de bolinhas plásticas translúcidas, feitas de material reciclável, que cobrem o salão e convidam os visitantes a voltarem a ser criança.

“Taking cues from the familiar experience of a summer day at the beach, Snarkitecture has abstracted both the natural and cultural elements of the beach to create a reduced, monochromatic environment inside the museum’s Great Hall. Standard construction materials like scaffolding, drywall, and mirrors are utilized to create the enclosure that leads to an ocean of 750,000 recyclable plastic balls. The Beach welcomes visitors to explore, play and relax in a fully immersive and unique setting.” 

Juxtapoz_Snarkitecture01 Juxtapoz_Snarkitecture02 Juxtapoz_Snarkitecture03 Juxtapoz_Snarkitecture04 Juxtapoz_Snarkitecture06 Juxtapoz_Snarkitecture07

The BEACH estará aberta ao público até o dia 7 de setembro e a entrada é franca e por ordem de chegada.

via Juxtapoz Magazine

Advertisements

Strook’s Art

Posted on Updated on

O pintor e escultor belga Stefaan De Croock aka Strook está desenvolvendo desde o ano passado um projeto de “reciclagem” com objetos descartados. Strook junta portas, painéis de madeira, móveis e com eles monta quebra-cabeças gigantes de perfis de pessoas para serem expostos em edifícios. Ele utiliza o próprio estado do material, ou seja, não pinta ou renova de forma alguma, apenas faz os cortes para poder encaixá-los. Seu último trabalho, Elsewhere, foi feito em parceria com o seu pai para a Mechelen Muurt  uma organização que promove a arte urbana com variados artistas na cidade de Mechelen, na Bélgica. Veja o resultado:

Wood & Paint‘:

WOODandPAINT_01 WOODandPAINT_02

Veja mais no site!

via Colossal

Spark Your City

Posted on Updated on

SYC-blog-3

O movimento global super criativo Spark Your City propõe instalações no meio urbano com intuito de trazer alegria aos transeuntes e tornar o ambiente urbano mais divertido. As integrantes até agora são Gemma Cairney, ex radialista da BBC 1 em Londres e a aventureira Helen Skelton, que foi a primeira mulher a atravessar de kayak todo o rio Amazonas e a segunda a completar as 78 horas da Namibia Ultra Marathon.

Spark Your City já tem 50 cidades programadas (São Paulo é uma delas, Uhuul!!!) e 1000 instalações planejadas até então. O Spark #1 recebeu o título Love Mondays, e aconteceu ontem em Londres lá na London Bridge. A instalação foi criada por Gemma e todo mundo que passou por lá amou e queria que ficasse por mais tempo (durou apenas 1 dia). Foi uma enxurrada de tweets, olha que maneiro:

O Spark #2 também acontecerá em Londres, mas desta vez será criação de Skelton, e levará o nome Urban Jungle. Então espere algo bem divertido da aventureira.

Para quem se interessou e gostaria de fazer parte do projeto, elas aceitam novas integrantes. É só se inscrever no site. Mas fique sabendo que o movimento foi feito só para mulheres spark their cities, ok?! Porém as instalações devem ser desfrutadas por todos!!! Bora pedir para vir ao Rio também?!

via Design Taxi, Spark Your City

Kinetic Installation by Atoine Terrieux

Posted on Updated on

O mágico Antoine Terrieux participou de uma exposição no final do ano passado com uma instalação cinética intrigante. Usando secadores de cabelos, Terrieux criou várias situações como um aviãzinho de papel constantemente voando em círculos, um tornado, entre outras. A instalação foi apresentada em dezembro de 2014 na Maison Des Jonglages em La Courneuve, França. Apesar de não estar mais acontecendo, você pode conferir sua obra no vídeo abaixo:

via Wetheurban

‘Los Trompos’ Installation

Posted on Updated on

los-trompos_060515_01

High Museum of Art em Atlanta, Geórgia, está com uma instalação super divertida e colorida, que agrada a todos os públicos. ‘Los Trompos‘ foi criada pelos designers mexicanos Héctor Esrawe e Ignacio Cadena e inspirada em peões, famoso brinquedo infantil. As obras, que são tridimensionais e construídas em grande escala, foram cobertas de tecidos entrelaçados como tradicionalmente feito por artesãos mexicanos, proporcionando vida e alegria aos “peões gigantes”. São mais de 30 estruturas espalhadas pela Sifly Piazza em cores e formatos variados, convidando o público a sentar para conversar, a ler um livro confortavelmente ou a se divertir girando os peões. Veja-os em ação:

Para quem ficou com vontade de ver de perto, Los Trompos estará no High até dia 29 de novembro. Porém, o museu está com uma parceria para levar os peões às ruas. Até agora já são 7 lugares planejados para receber as obras. Vai ser show!


los-trompos_060515_03 los-trompos_060515_13 los-trompos_060515_17 los-trompos_060515_07

via Contemporist

Sinal de Trânsito Interativo pela Smart

Posted on Updated on

A Smart está com uma campanha interativa super bacana chamada WhatAreYouForComo eles mesmos explicam:

FOR is an attitude. FOR means being FOR something. Just three short letters but the start of all big things.

FOR is pioneering spirit. FOR means “We’ll fly to the Moon” instead of “Let’s stay home”.

FOR is a power that’s in all of us. It is easy to be against something.

But being FOR something is an attitude that can change the world. What are you FOR?

E para mais segurança na cidade, eles criaram um sinal de trânsito super divertido! Transeuntes foram convidados a entrar em uma cabine e dançar. Seus movimentos eram transmitidos ao vivo no sinal de trânsito para os pedestres assistirem enquanto esperavam os carros passarem. O vídeo diz que a instalação resultou em um aumento de 81% de pessoas que pararam no sinal ao invés de saírem correndo pela rua. Confira o vídeo abaixo:

via Colossal, Smart

Caleidoscópio Wink Space

Posted on

Os designers japoneses Masakazu Shirane e Saya Miyazaki criaram um caleidoscópio gigante chamado Wink Space para a Kobe Biennale de 2013. Desafiados a criar um ambiente dentro de um container para a feira, a dupla decidiu fazer algo super inusitado: o primeiro projeto arquitetônico com zíperes!

O Wink Space é uma instalação imersiva, feita com espelhos dobrados em forma de origami e conectados por zíperes. O resultado é um espaço super psicodélico.

“We wanted to create the world’s first zipper architecture,” Shirane says. “In other words, this polyhedron is completely connected by zippers. And in order to facilitate even more radical change some of the surfaces open and close like windows.”

winkspace3 winkspace2 winkspace4 winkspace5

Veja aqui imagens da produção do Wink Space.

via My Modern Met