Latest Event Updates

News From Nowhere

Posted on Updated on

Image
Via – SAIC

Quem já não se perguntou: Se o mundo acabasse amanhã, o que eu faria? Paulinho Moska certamente nos deu várias ideias, mas todas elas baseiam-se no fato de que não sobreviveríamos ao “fim do mundo”. Mas se sobrevivêssemos e tivéssemos que começar tudo do zero?

Para chacoalhar um pouco as ideias e colocar a galera do design para pensar, foi criado o projeto News From Nowhere que pretende investigar a hipótese de como seria um mundo pós apocalíptico, onde os poucos sobreviventes da raça humana teriam que reconstruir tudo com poucos recursos disponíveis. Os artistas Moon Kyungwon e Jeon Joonho, que desenvolveram o News, recrutaram designers, filósofos, poetas, entre outros, para criarem novos objetos e concepções para essa possível situação.

O projeto está em exibição na Sullivan Galleries que fica na School of the Art Institute Chicago (SAIC) e pode ser conferido até o dia 21 de dezembro. A exibição conta com filme feito por Moon e Jeon; um sistema que faz com que os órgãos maximizem o uso da água em nosso corpo caso venha a ficar escassa; uma máscara que induziria as pessoas a se manterem felizes, entre outros elementos tecnofuturistas. Porém, o que mais nos surpreendeu foi a ideia de que, com a extinção do dinheiro, a moeda de troca seriam as memórias, pois seriam elas as responsáveis pela formação do pensamento, tanto em relação ao presente quanto ao futuro. News From Nowhere é ótimo exercício para pensarmos fora da caixa.

Informações via – SAIC e Core 77

Advertisements

Ismo Kajander

Posted on Updated on

via http://www.ateneum.fi/en/ismo-kajander-mayakovsky-2012
via Ateneum

Você já se deparou com o trabalho de Ismo Kajander? Adoramos a estética de sua foto. Ismo é finlandês, nascido em Turku, em 1939. Com 16 anos ganhou sua primeira câmera fotográfica passando então a usá-la diariamente. As imagens feitas na adolescência foram inseridas 30 anos depois em seu livro Portsa. Seus trabalhos foram exibidos diversas vezes ao longo de sua vida, quase sempre em Paris ou na Finlândia. A foto acima foi exibida na coleção ATENEUM na National Gallery of Finland.

Outra imagem bacana é a do ratinho meio robô (abaixo), que hesita entrar na ratoeira para pegar o açúcar. Ele descreve essa imagem como sendo seu alter ego e a relação que tinha com os museus de arte. Sua desconfiança vem da experiência de outro artista, Marcel Duchamp, que teve seu trabalho “jogado fora” certa vez por uma das fundadoras do MOMA.

via
via Kajander

Para ver mais do artista clique aqui!

Oddleiv Apneseth

Posted on Updated on

via http://www.akam.no/artikler/ukens_bilde_oddleiv_apneseth/32985
via Akam

“Coro Stardalen. Fotografado no Outono de 2004. Vacas e um touro, paisagem e descreve como uma espécie de absurdo apertado, mas um grupo de agricultores que canta Ilag”. – Oddleiv Apneseth (tradução livre)

Apneseth é um fotógrafo Norueguês especializado em fotografar pessoas em seu dia-a-dia, seu ambiente rotineiro. Sua intenção é contar histórias através de imagens. Apneseth já recebeu vários prêmios, entre eles o norueguês Picture of the Year. Em 2008 completou seu maior trabalho – “Jølster 2008” – em uma “kommune” norueguesa, retratando a população nos mais distintos momentos durante todo o ano.

Para ver mais acesse Moment.

Informações via Moment, AKAM.NO, Wikipedia

Marja Kanervo

Posted on Updated on

via http://www.uusisuomi.fi/kulttuuri/11099-mita-jaa-jaljelle
via Uususuomi

Kanervo é uma artista finlandesa, nascida em 1958. É mais conhecida por suas obras de intervenção nos ambientes. Costuma arrancar tintas de paredes, expor o local em que trabalha de maneira única. Por serem criadas para espaços e épocas específicas, suas obras são únicas e não podem ser transportadas.

A artista não só trabalha com papelão, plástico e vidro, como também com materiais orgânicos como cabelo, dentes e penas.

Para saber mais acesse o site de Marja Kanervo.

Informações via Uusi Suomi, Wikipedia, Kiasma, Helsinki